×
×

Onde será?

Data: 26/02/2019

Horário: A partir das 18hrs

Local: Clube Ponta Lagoa Sede Campestre

Endereço: Avenida Presidente Kennedy, km 0
Bairro Vendrami / Ponta Grossa - PR

Conheça a história de Guaraci Jr.



Compartilhe nas redes sociais:

Guaraci Junior

- GMAD COMPLOND

Nascido em 04 de Março de 1961 na cidade de Santos, Guaraci Junior começou sua carreira servindo o Exército Brasileiro, caminhada que teve fim devido a uma promoção de transferência ao seu pai para Ponta Grossa trazendo toda família.

Em Ponta Grossa Guaraci conseguiu uma oportunidade como auxiliar no banco do Bradesco, onde nessa ocasião veio a conhecer o Junior, após dias de amizades e vários encontros veio a conhecer o Álvaro que trabalhava na época como frentista em um posto de seus familiares.

Essa amizade ocasionou à conhecer a Isabel, onde veio a se casar em 1983, tendo o Álvaro e Junior como padrinhos de casamento, no mesmo ano finalizou suas atividades no Bradesco e ingressou na empresa Quim Brasil Serrana em Ponta Grossa mantendo sempre contado com os dois nos fins de semana, após alguns anos ingressou na industrias Gessy Lever Ltda em 1986 como comprador de soja, onde na mesma época o Álvaro ingressou na Ibema tendo seus primeiros contatos com o ramo da marcenaria.

Em 1990 já com duas filhas Guaraci foi transferido para Cascavel pela mesma Gessy Lever. Já o Álvaro teria iniciado suas atividades com a MADECOMP, na mesma época Junior se desligou de suas atividades como bancário, onde foi convidado pelo Álvaro para iniciar uma filial em Maringá, sempre visando a expansão da empresa.

Em 1991 Guaraci foi transferido para Londrina, onde foi convidado pelo Álvaro a iniciar outra filial em Londrina, com receio devido ao sustento de sua família Guaraci não aceitou a proposta de imediato, porém sua esposa Isabel o aconselhou aceitar para dar fim as tantas transferência que suas vidas tinham sofrido, Guaraci com 29 anos de idade aceitou o seu convite e decidiu arriscar com apenas uma Parati como patrimônio para investir, iniciaram com uma estrutura pequena alugada e uma Kombi que utilizava para realizar as entregas e o veículo servia para lazer nos fins de semana onde passeava com suas filhas.

Após várias lutas e noites de trabalho pesado descarregando caminhões manualmente, fazendo entregas durante o dia se dedicando ao máximo, Guaraci nunca pensou em desistir e sempre almejou o crescimento do grupo, esforço que deu resultado à uma das maiores empresas do Brasil.